Planejando um programa de intercâmbio: 5 dicas para não surtar antes mesmo de entrar no avião

Um semestre em Londres? Três meses para aprender inglês no Canadá? Um mês na Argentina para aprender espanhol? Uma experiência de ensino médio igual a um filme nos EUA? Uma experiência de voluntariado na Bolívia? Se todas essas perguntas já passaram pela sua cabeça e a única coisa que você tem certeza é que quer participar de um programa de intercâmbio cultural, este post vai ajudá-lo!

Todo mundo sempre tende a imaginar as etapas finais - as fotos que vão tirar, as pessoas que vão conhecer e as coisas que vão aprender; mas planejar e escolher um programa que se adapte à sua personalidade, orçamento e objetivos é muito importante para ter uma ótima estadia no exterior! Aqui estão algumas dicas para garantir que você esteja preparado para tomar essas decisões:

1. O dinheiro, infelizmente, não cresce em árvores

Sabemos que, ao imaginar seu programa de intercâmbio, você pode ter vontade de viajar o mundo inteiro duas vezes antes de tirar um cochilo e voltar para casa. E, embora isso seja possível, levar em conta o tempo, a energia e o dinheiro que você tem disponível tornará o planejamento mais tangível, fácil e empolgante!

Quando começar a procurar programas de intercâmbio, priorize aqueles que oferecem bolsas de estudo - ou outras opções de ajuda financeira, como treinamento para captação de recursos! Dessa forma, você tornará seu sonho muito mais acessível! Você pode verificar esse tipo de bolsa em várias plataformas - uma das mais acessíveis é o YOP (Instagram).

2. Os mesmos pontos de sempre? Não necessariamente

Você já pensou em participar de um programa fora da lista clássica de cidades que as pessoas costumam visitar? Londres e Sidney têm seus destaques, mas procurar um lugar menos "badalado" pode ajudá-lo a gastar menos dinheiro e, ao mesmo tempo, conectar-se mais profundamente a uma cultura diferente.

Em locais menos divulgados, você pode se integrar melhor à vida cotidiana da cidade, interagir com os habitantes locais, experimentar a comida tradicional e fazer parte de diferentes expressões culturais. Com o dinheiro que você economiza indo a esses lugares, você pode explorar mais o país/região escolhido.

3. Mamãe mandou eu escolher esse daqui - escolhendo um programa de intercâmbio adequado a você

A viagem de cada pessoa é diferente - seus interesses e estilos diferem, e seu programa de intercâmbio ideal não poderia ser a exceção a essa regra. Ao escolher seu destino, por exemplo, leve em conta suas preferências de viagem - algumas cidades têm um ótimo sistema de transporte ferroviário. Por outro lado, outras podem exigir que você gaste todo o seu dinheiro em um táxi.

Mais do que isso, priorize a escolha de programas que se encaixem em suas intenções ao buscá-los - seja para aprender um novo idioma, fazer trabalho voluntário, desenvolver habilidades de liderança e muito mais. Ao equilibrar suas expectativas e objetivos, você provavelmente terá uma experiência gratificante e talvez nem queira voltar para casa tão cedo!

4. Se parecer muito uma roubada, provavelmente é

Certifique-se de que a organização e o programa em que está interessado são reais - procurar menções sobre eles na mídia ou conversar com participantes anteriores são ações simples que evitarão muitas dores de cabeça! Para garantir ainda mais segurança, entre em contato com eles com todas as suas dúvidas e preocupações para que você possa tomar uma decisão informada em relação à sua experiência no programa de intercâmbio!

Além disso, se você não for um adulto legal, certifique-se de que seus responsáveis estejam envolvidos na decisão e que a organização também esteja preparada para se comunicar com eles! O segredo é ter uma linha de comunicação aberta para esclarecer quaisquer preocupações!

5. E depois do programa de intercâmbio, o que acontece?

Experiências culturais e educacionais únicas podem deixá-lo no limbo depois de terminadas! Assim como depois de terminar um longo livro ou assistir a uma trilogia de filmes muito envolvente, você pode se sentir perdido sobre o que fazer depois de um momento tão profundamente emocional e transformador. Bem, dependendo do tipo de programa de intercâmbio que você escolher, a maior parte do trabalho e das oportunidades pode acontecer após o término do programa!

Procure programas com comunidades fortes de ex-alunos, nas quais você possa se conectar com outros alunos e seus projetos! Se as organizações responsáveis pelo programa oferecerem um ecossistema de outras oportunidades de desenvolvimento para aqueles que estão em seus espaços estudantis, melhor ainda! 

Independentemente disso, certifique-se de usar tudo o que aprendeu em seu intercâmbio para impactar positivamente sua região, país ou o mundo inteiro! Encontrar problemas e desafios que você pode ajudar a resolver com as habilidades que desenvolveu o ajudará a sair do limbo que mencionamos!

E você sabia que os acampamentos de liderança on-line e presenciais da LALA se encaixam em todas essas categorias? A Latin American Leadership Academy (LALA) é uma instituição sem fins lucrativos que tem como objetivo encontrar, conectar e desenvolver os jovens líderes das regiões, dando-lhes acesso a programas (presenciais e virtuais) que desenvolvem habilidades de liderança, empreendedorismo, inovação social, aprendizado socioemocional e pensamento crítico! A organização oferece bolsas de estudo com base na necessidade e um programa de captação de recursos! Se você tem entre 14 e 20 anos de idade, é da América Latina e deseja transformar socialmente sua comunidade, a LALA é o lugar certo para você! 

Esperamos que essas dicas tenham sido úteis para você! Confira mais informações no site e no Instagram! E assine nossa newsletter para estar sempre atualizado sobre as oportunidades!

Você é um jovem latino-americano que deseja se conectar com jovens incrivelmente talentosos e motivados por um propósito e é apaixonado por mudar seu ambiente? Se sim, nós o convidamos a se inscrever em nossos Acampamentos de Liderança de 1º de junho a 10 de julho aqui!

Postos similares